II Congreso de Educación Matemática de América Central y de El Caribe

Por defecto: 
Modelagem Matemática nos anos iniciais: panorama das pesquisas brasileiras
Zulma Elizabete de Freitas Madruga, Adriana Breda, Morgana Scheller

Construir: Edificio 320
Sala: Salón SC2
Fecha: 2017-10-30 04:00  – 04:20
Última modificación: 2017-10-30

Resumen


Este artigo apresenta uma pesquisa, que tem como objetivo verificar como a Modelagem Matemática (MM) apresenta-se nas pesquisas que discutem esta temática no âmbito dos anos iniciais da Educação Básica brasileira. Como abordagem metodológica utilizou-se os procedimentos do Mapeamento na Pesquisa Educacional. Os dados foram constituídos a partir da seleção de dez artigos publicados entre 2007 a 2016, oriundos de duas fontes: periódicos Qualis A1 a A2 e Google acadêmico. Para a análise estabeleceu-se previamente cinco categorias: (a) referenciais teóricos da pesquisa; (b) problemas investigados/interesses de pesquisa; (c) metodologias utilizadas; (d) principais resultados e contribuições para o avanço do tema na área e (e) perspectivas de continuidade do estudo. Os resultados apontaram que quando os estudantes nos anos iniciais desenvolvem atividades deste tipo, eles ampliam suas competências matemáticas, tornando-se hábeis na resolução de problemas, além de serem mais propensos a desenvolverem outras atividades pautadas em situações reais, com enfoque interdisciplinar.


Palabras clave


mapeamento, educação básica, educação matemática, modelagem matemática, anos iniciais.

Texto completo: PDF