II Congreso de Educación Matemática de América Central y de El Caribe

Por defecto: 
Saberes tradicionais e saberes matemáticos escolares: produzindo diálogos na ação formativa de professores indígenas
José Sávio Bicho-Oliveira, José Roberto Linhares de Mattos

Construir: Edificio 333
Sala: Sala 1021
Fecha: 2017-10-30 06:00  – 06:20
Última modificación: 2017-10-30

Resumen


Neste texto temos como objetivo investigar de que forma acadêmicos indígenas articulam saberes tradicionais e saberes escolares, tendo em vista a construção de uma pedagogia diferenciada para o ensino de matemática na Educação Escolar Indígena. Esta pesquisa é classificada como qualitativa e de cunho interpretativo, analisando desenhos e textos de dois acadêmicos indígenas da Licenciatura Intercultural Indígena da Universidade Federal do Amapá. As reflexões teóricas estão situadas no campo da Etnomatemática, a qual busca reconhecer e valorizar a matemática produzida e utilizada por diferentes grupos socioculturais. As análises, em construção, permitem inferir que a formação de professores indígenas promove diálogos entre saberes/fazeres indígenas e saberes matemáticos escolares, o que possibilita novos/outros modos de ser/estar professor na escola indígena e favorece a promoção de práticas pedagógicas interculturais para o ensino de matemática.


Palabras clave


Etnomatemática; Formação de Professores Indígenas; Matemática Escolar; Saberes Tradicionais; Diálogos Interculturais.

Texto completo: PDF